quinta-feira, 24 de fevereiro de 2005

Tentativas

E por mais que eu tente, o mal-humor permanece.
E por mais que eu tente, a vida vai continuar parecendo mais complicada do que realmente é.
E por mais que eu tente, não vou conseguir escrever com tantas coisas tirando minha atenção.

Eu amo. Eu odeio. Eu finjo que os problemas não existem. E eu crio todos eles. E quando me sinto assim, o mundo cai. Não sei porque.

Mas sempre existe alguém que fode tudo.

Mentira? Não mesmo.

Nenhum comentário: