domingo, 30 de julho de 2006

Mês 08.

Uh, quanto tempo que não escrevo aqui. Já havia me esquecido login, senha, e demais mecanismos para post.

Porra, hoje é 30 de julho.
Amanhã 31, último dia do mês e primeiro dia da semana. E primeiro dia de aula também (retorno do recesso que alguns ainda chamam de "férias").
Não sei porque, mas o fim do mês de julho e o começo do mês de agosto sempre representou alguma coisa pra mim que eu não sei dizer o que é. Provavelmente são os simulados chegando... Não, acho que é o fato de que depois do oitavo mês do ano a gente não sente mais o tempo passar. O dia seguinte do primeiro dia de agosto já é o 25 de dezembro, praticamente. E é justamente nesse dia quando me toco do tanto de coisa que deixei de fazer no ano que passou.
Constatar isso me desespera. Significa dizer que nos meses 8, 9, 10, 11 e 12 eu tenho a obrigação de realizar as coisas que até agora não realizei.
Muita prepotência tenho eu ao afirmar isso.

-

Novidades?
Algumas.
Tenho estudado pouco, para o que eu acho que devo estudar; saído menos, para o que eu costumava sair; dado menos risadas, para o meu normal.
Muita gente vem me dizer que eu tô diferente, estranha, que sou outra pessoa.
Mudar... a gente tem que fazer né?

Ah, sim, também estive em Salvador esses dias.
Viagem do colégio. São todas elas inesquecíveis, perdoem-me ser brega nessa hora, mas é que não existe palavra mais descritível.
Enfim, a cidade de fato eu não curti tanto. Suja ela né? Muita cultura e gente simpática, mas é pouco conservada. Se bem que eu não esperava muita coisa de uma cidade que vive de só de festa, praticamente.

Brasília vem no fim do ano.
Dia 30 de novembro parece que tô indo. Devo ficar coisa de uma semana... é só pra fazer a prova do PAS mesmo, né?
Sim, e outro Carnatal a perder.
(O PAS tá me desesperando, e ao mesmo tempo eu não tenho estudado o suficiente.)
Rezem para eu voltar à minha velha forma de menina nerd.
Ando precisando.

Show do Los Hermanos aqui em Natal na útlima sexta-feira.
Dos três shows que eu fui deles, este foi o que eu mais gostei. Mas talvez tenha sido porque eu estava no auge do meu fanatismo.
Eles tocaram muitas músicas do Ventura e "Iaiá" foi lindíssima.
Recusaram "O Pierrot" outra vez e isso me intriga muito... Em Jampa eles tocam Pierrot, em Recife tocam até Anna Júlia... mas aqui quando a galera pede, sempre negam. Eu culpo o humor do Camelo para isso. Mas, vai saber né.
Enfim, assisti do pé do palco e achei o show muito bom. Enquanto que pro penúltimo show deles eu dizia que tinha sido "lindo" porque eles estavam "inspirados", pra esse eu digo que foi apenas um show com um set bacana e uma galera feliz por estarem assistindo à eles mais uma vez, em menos de um ano.