sexta-feira, 24 de novembro de 2006

Arisca.

Calada. Chata. Completamente insulportável.

Eu já falei que não quero mais fazer o PAS?

Descobri (com atraso) que morar em Brasília não é sinônimo de felicidade, que fazer a melhor faculdade do país não necessariamente garante meu futuro, e que talvez teria sido melhor eu levar uma vida de uma garota comum de 16 anos (colégio, férias, sair pra beber, Carnatal).

Dona Tânia não gostou de saber disso.

Ah, deixa eu colocar uma parte da culpa nela vai, por favor. Essa mania de sonhar alto demais só pode ter sido ela quem me ensinou.

E agora, Bia? Desiste?
Não, vou até o fim.

Não estranhe o humor desagradável.

----------------------------------------------

Pô, Marissa morreu mesmo né. Não gostei. Mas a série vai ficar fuderosa agora. (Tô sentindo. ai.)

Nenhum comentário: