quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Buraco na camada de ozônio é bobagem.

Foi o que disse meu professor de Química, que não é nenhum Al Gore mas à quem pode ser atribuído alguma credibilidade. E já tem meses que ele me disse isso, me atrasei a vir aqui postar nem lembro por quê. Preguiça, esquecimento, avessão a polêmicas de tal porte.

Ele anda dizendo isso aos alunos, e quem disse isso à ele foi um professor livre-docente, que leciona(va?) em Universidades inglesas e veio morar em Natal (não me pergunte atrás do que ele veio para cá). Charlton deu a entender que o cara é brasileiro mesmo; presidente da Associação de alguma coisa a ver com Química. Eu esqueci, gente. Não me chutem.

O fato é que disse o tal livre-docente que, nos seus círculos de amizade científicos das bandas da ilha britânica, buraco na camada de ozônio é piada das boas.

Lembra que reza a lenda o seguinte: os gases CFC atingem a camada de ozônio na atmosfera e provocam reações que desintegram as ligações na molécura e etcétera, etcétera, etcétera..? Pois é. Adivinhe você que os gases CFC são densos, e incapazes de atingir a atmosfera. São tão densos que eles ficam aqui por baixo, nos fazendo companhia. E, abracadabra!, se desintegram. Coitados dos clorofluorcarbonetinhos, minha gente, inofensivos como podem, acusados de esburacar nosso "céu". Continuem usando seus laquês, titias e vós (como se eu não usasse para algumas festas, de vez em quando), eles nem prejudicam mais as ligações no ozônio.

Por que, então, conta-se que são os CFC's desintegradores da camada em questão? Perguntei ao Senhor Professor, que responde: acredita-se que algum grupo empresarial, prejudicado por algum outro grupo, dono de indústrias emissoras desses gases, tenham financiado cientistas para que esses divulgassem a idéia equivocada. Eu perguntei, na maior inocência, se aquilo realmente valeria a pena, já que um financiamento desses, com certeza atinge seus milhões fácil fácil. Charlton respondeu algo como: ah, Bia, você não conhece muito o capitalismo...

Nojento (o mundo capitalista).

O mesmo professor me explica a formação dessa camada, aparentemente indestrutível pela ação antrópica. Sabe os raios solares? Claro, né. Sabe os raios UVA, UVB e UVC trazidos por essa irradiação solar? Também sabe. O UVC é o pior de todos, e, não chega até nós; o A e o B são filtrados e chegam às nossas peles, e é justamente por causa deles que devemos usar os fatores 30 da vida. É o próprio raio solar que forma a camada de ozônio, disse Charlton. E adivinha com quem? Com os UVC, principalmente! Essa porcaria, completamente fatal à nós, é quem constrói a camadinha, sem a qual, sei lá, nem existiríamos. E aí, fica redundante explicar por que o buraco da camada de ozônio é tão exagerado nos pólos: porque aí chega pouca irradiação solar né, fi. E isso sempre foi assim.

Então não adianta. Não vá tentar destruir a camada de ozônio que você não vai conseguir. Os raios UVC vencerão.












(Sei que a explicação está bem ruim, mas é o pouco que eu lembro um semestre após a informação recebida. Qualquer coisa procura meu professor transcedental, que ele vai ter prazer em o fazer desaprender tudo que você aprendeu sobre isso anteriormente.)
(Mas claro que, se algo parecido cair na UFRN, eu sou a primeira a dizer: culpa dos CFC's!!! Foi o próprio professor quem me avisou quanto a isso. :T)

Nenhum comentário: