terça-feira, 6 de julho de 2010

Eu sou não sou...(?)

Eu sou aquela comunidade do orkut que diz "Amor próprio." Com esse ponto final, ou não, eu sou a comunidade com o ponto final. Eu sou aquela criança sorrindo com vontade, de si mesma e dos outros, os quais não sabem rir de si mesmos e acham que é idiotice rir de quem não sabe rir de si. Eu sou o sorriso espontâneo, de dentes à mostra e boca mais pra aberta que pra fechada, como quem diz que está a fim de ser feliz ali.
Eu sou aquela música contente em si mesma. Que faz as pessoas dançarem, mesmo que em pensamento, imaginando como dançariam se estivessem sozinhas ali agora, ou como dançariam se estivessem com outras pessoas que também estivessem imaginando e dançando de um jeito que somente sozinhas o fariam.
Eu sou o agora. Eu vivo o agora e desisti de abraçar o antes que até ontem mesmo eu segurava pela ponta dos dedos, suplicando não soltar nunca mais aquilo lá. Eu sou o agora porque só esse presente presente (2x) me deixa esse Amor Próprio só meu, pra mim, todinho, completo. Eu sou o agora porque ser o antes é gostar dele e não de mim. É. E ninguém se interpõe no meu caminho de abraçar a mim mesma.
Eu sou, então, a tal comunidade, a menina, o sorriso, a música. Eu sou dois braços que se abraçam o tempo todo, a boca que beija a própria bochecha, o espelho que reflete o que está dentro de si. Sou eu.

E tudo que eu disse acima... está dito ao contrário.

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Quer dizer que tem Mombojó na sexta, Natiruts dia 17, Zeca Baleiro dia 25 (esse aqui de graça)...
E Cranberries e Los Hermanos vêm aí também, né verdade?

Nenhum comentário: