segunda-feira, 6 de junho de 2011

Mode on

E vou vivendo desse modo automático, que seja. Um dia após o outro e uma semana depois da outra, também, porque não há outro jeito, e o que acontece nesses espaços de tempo eu já nem sei mais.

Acordar e pensar na hora do próximo dormir. Dormir e não querer acordar. O que acontece nesse interím que chamam de dia, eu também já não sei, não vejo, não faço. Não sei se vivo. Simplesmente existo.

Nenhum comentário: