quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Gentes e coisas que dominarão o mundo.

Há tipos de gentes, no sentido estereotipado mas também compreensível e compreensivo do termo, digo, assim, não estou cheia de preconceitos, mas por questões de praticidade e vivências frequentes, eu componho uns rótulos, enfim, gentes que dominarão esse mundo de sem Deus. E coisas, e bichos, e episódios. Colecionáveis. Você vai sobrar nisso aí.

Andei pensando, por exemplo:

Pastoradores de carro.
Pastoradores de carro que brotam do asfalto quando você já fechou a porta para ir embora.
Pastoradores de carro que batem no seu vidro cobrando reais (centavos, jamais!), afinal, estacionasse na rua deles.
Pastoradores de carro que roubaram cones do DETRAN e guardam vagas nos canteiros centrais (?).
Gatos.
Gatos vira-latas.
Gatos atrevidos.
Gatos assassinos: roçam na batata da sua perna.
Gatos assassino tipo dois: põem as patas no seu colo para cheiar e lamber os beiços fixando os olhos na sua comida.
Motoristas que só guiam o carro ligando as linhas pontilhadas. Por esporte, não porque a avenida apertou e o hemisfério direito deu uma travada.
Atendentes de Mc Donalds que não sorriem há anos.
Pessoas que cultivam um sobrenome como um animal (precioso) de estimação.
Patricinhas que viram roqueiras da noite para o dia/moda, mas que sempre gostaram de Strokes (...).
Vendedores de salgados no setor dois de aulas.
Funcionários públicos em greve.
Psicólogos mais bem vestidos que pra uma festa a rigor, que poderiam ficar calados ao invés de...
Estudantes de psicologia encantados com a vida.
Sua colega de trabalho, que quer ser você.
Playboys que não se contentam com a fama: querem mais! E se candidatam a vereador.
Blogueiros.
Blogueiras.
Blogueiros não jornalistas que acham que fazem um jornalismo de verdade!
Vizinho que mora no 12º andar e sempre chama os dois (todos) os elevadores, para atender a sua vontade. Só mora ele no prédio inteiro.
Vizinho que não te cumprimenta se tu não é bonito (rico).
Bebedores de mim long necks que calculam litros X reais.
Personalidades maquiadas.
Rótulos incompreendidos.
Não intelectuais xingando (?) outrem de pseudointelectuais.
Pseudointelectual estereotipando em dia de pouca criatividade para escrever.

Nenhum comentário: