terça-feira, 19 de novembro de 2013

Há graça em mais palavras

Engraçado como a gente estraga tudo tão rápido. Engraçado como a gente briga por nada, se destrata por nada, e guarda mágoa como se mágoa fosse um tudo que nos sustentasse. Engraçado como a gente abraça mais o indevido. Como a gente olha menos nos olhos pra dizer o que devemos. Engraçado conseguir estragar noites ou dias ou semanas inteiras, meses, por... por nada. Engraçado o tamanho das tragédias cujo motivo a gente esquece. O motivo às vezes a gente esquece. Engraçado como na gente dói, e a gente disfarça e cobre com raiva. Podendo encobrir com duas partes de sinceridade absoluta e mais honra. Não fazemos. Engraçado como muito disso é uma questão de honra e a gente finge ser bobagem. E as pessoas terminam sendo uma grande bobagem.

Engraçado percebemos o quadro pintado quando terminamos sozinhos.

Seria trágico. Se não fosse tão cômico.

Nenhum comentário: