domingo, 3 de novembro de 2013

Tentando

A folha em branco, o texto pronto, a ideia fixa. A história feita, contada, recontada, incompleta, como deve ser. Minha história incompleta que já terminou. O texto pronto há dias, há meses, ou quase um ano inteiro, o texto pronto dentro da gente. A página em branco, e as palavras engolidas, sufocadas, remexidas, atropeladas no caminho entre a cabeça e os dedos, o coração e os dedos.

Escrever dói quando você tem muito a dizer. A você.

Nenhum comentário: