segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Desaforismo

Já se foram vinte páginas e acho que está bom.
Eu ia reescrever tudo, contar o começo e o meio e o não fim, inventar um fim, bem trágico, de preferência; eu quis começar tudo de novo só para dar um fim definitivo à história.
Pura ficção.

Vou parar por aqui.
Vinte páginas.
A história mal começou. E vou parar por aqui.

Nenhum comentário: