segunda-feira, 24 de julho de 2017

hojes

amanhã começa a flip, festa literária internacional de paraty,
e a programação tá cheia de autores negros (mulheres e homens), e de escritoras.
bom né.

cada vez mais, acho que a gente se aproxima do 'mundo ideal' de não precisar lembrar de convidar mulheres, lembrar de convidar negros, e, principalmente, de não precisar sempre ter mesas falando sobre as mulheres/negros na literatura, etc.

~

será que dá certo isso de olhar o diário oficial e só fazer um ctrl+f no meu sobrenome, até o dia em que ele aparecer?
obviamente tenho nem coragem. faço isso mas depois olho os dois municípios que podem me chamar pelo concurso.

~
preciso retomar direito os estudos pra o concurso do if, mddscéu.

~
queria melhorar minha escrita funcional, mas tô meio sem norte.

~
minha mãe ainda em brasília e casa ainda muito em silêncio. acostumei. mas faz falta.
e me faz sentir ainda mais falta dos meus avós, que não estão mais vivos. se estivessem, eu estaria lá bem mais vezes por agora.

~
minha sobrinha parece meu irmão mas é linda. muito linda. :)

Nenhum comentário: